São Thomé das Letras e Carrancas: Dicas, roteiros e principais pontos turísticos

Carrancas

Cachoeira da Fumaça – Carrancas

Procura por roteiro inesquecível? Quer dicas de lugares maravilhosos, gastando pouco? Bom pessoal, hoje irei descrever o meu roteiro de viagem até São Thomé das Letras e Carrancas, dois lugares incríveis que eu nunca tinha ouvido falar até pouco tempo. São Thomé das Letras e Carrancas ficam localizadas no sul de Minas Gerais. Portanto, é uma ótima opção para os mineiros, paulistas e cariocas que querem fazer um bate e volta num final de semana, gastando pouco. Neste post você encontrará várias dicas sobre minha viagem.

Como chegar em São Thomé das Letras:

Minha partida foi de Juiz de Fora, MG. De carro, são aproximadamente 3 horas e meia de viagem até São Thomé das Letras. Saímos bem cedinho, por volta das 6 da manhã. O tempo em Juiz de Fora estava horroroso, nublado e chuviscando. Durante a maior parte da viagem, nuvens cinzentas cobriam todo o céu. No entanto, para a nossa surpresa, ao nos aproximarmos de Cruzília, o tempo começou a se abrir! O sol resolveu aparecer e tudo indicava que a viagem seria incrível. E foi!

São Thomé das Letras

Roteiro Juiz de fora – São Thomé das Letras – Carrancas

Sábado – São Thomé das Letras

Chegamos em São Thomé das Letras por volta das 9 da manhã. Céu azulzinho. O dia estava lindo. É a quarta cidade mais alta do Brasil e é conhecida pelo misticismo e mistérios que rondam a região. Se você parar para conversar com os moradores, logo escutará relatos de avistamento de discos voadores, da misteriosa gruta que sai em Machu Picchu e dos carros que sobem o morro sozinhos. Nossa primeira parada foi na cachoeira Véu da Noiva, que fica bem próxima da cidade, para quem vem de Cruzília.

São Thomé das Letras

Cachoeira Véu da Noiva

No centro da cidade, na praça onde fica localizada a Igreja, existem vários guias com seus pacotes de passeios. Contratamos um passeio que durou aproximadamente 3 horas. Visitamos os seguintes pontos turísticos: Cachoeira da Lua, Poça Azul e Gruta do Labirinto.

São Thomé das Letras

Cachoeira da Lua

São Thomé das Letras

Paisagem de São Thomé das Letras

São Thomé das Letras

Gruta do Labirinto

São Thomé das Letras

Poço Verde

Por volta das 15 horas, estávamos de volta à cidade e fomos almoçar. Recomendo a saborosa truta na brasa ao molho de alcaparras. Deliciosa! Após o almoço, aproveitamos para caminhar pela cidade. No alto dela há dois pontos turísticos importantes: o crucifixo e a casa da pirâmide. Esta última é o point dos jovens, que aproveitam para admirar o incrível pôr-do-sol com uma vista panorâmica de 360 graus.

São Thomé das Letras

Crucifixo

São Thomé das Letras

Pirâmide

Onde se hospedar em São Thomé das Letras:

Após esse lindo espetáculo, fomos a procura de um local para nos hospedarmos. Ficamos na Pousada Maciel, cuja diária era de R$50,00 por pessoa. Para quem prefere a opção mais radical, é possível encontrar áreas de camping próximas à cidade. O Camping do Cid é um dos mais famosos. A noite estava bem fria; clima propício para sentar num restaurante rústico, ouvir uma boa música e comer uma pizza bem quentinha!

Domingo – Carrancas

7 horas da manhã, hora de levantar! O dia começou lindo! Novamente céu azul com poucas nuvens. Por volta das 8 da manhã, saímos para tomar aquele café da manhã reforçado. 8:30, hora de partir. Existem duas formas para se chegar a Carrancas: a primeira, passando por Sobradinho, mas como não estávamos familiarizados com a estrada de chão, decidimos voltar para Cruzília e de lá dirigir até Carrancas. Foram cerca de 70 km e uma hora e meia de viagem. Após passar por Cruzília, você segue por uma estrada de chão. Achei esse trecho um pouco confuso, com pouca sinalização, mas conseguimos chegar. Um pouco antes de chegar a Carrancas, a primeira parada. Nos deparamos com a primeira cachoeira, chamada de Esmeralda. Nome mais que justo, como podem ver na foto abaixo:

Carrancas

Cachoeira Esmeralda

Após aproveitar e curtir essa linda cachoeira, partimos em direção à segunda. Pouco antes de chegar a Carrancas, também existe uma parada para a Cachoeira da Fumaça, que, na minha opinião, é a mais bonita de todas. Ficamos um bom tempo nela, fizemos uma pequena trilha até o alto de uma pedra, de onde foi possível ter uma vista panorâmica da região.

Carrancas

Cachoeira da Fumaça

Carrancas

Cachoeira da Fumaça

Por fim, nosso último destino: o complexo da Zilda. Este é formado por mais de 20 cachoeiras, sendo a mais famosa a Cascata da Zilda, como podem ver na foto abaixo. Para chegar até lá, fomos até Carrancas e pegamos mais uma estrada de chão. São 16 km até chegar ao complexo. Como nosso tempo estava curto, não deu tempo de conhecer tudo, afinal são mais de 20 cachoeiras. No entanto, ficamos super felizes e contentes com o nosso passeio, afinal, foi uma aventura incrível! E para finalizar com chave de ouro, contemplamos esse lindo pôr-do-vsol durante a viagem de volta para Juiz de fora:

Carrancas

Pôr do sol em Carrancas

Carrancas

Pôr do sol em Carrancas

Maravilhoso este roteiro, não? Só sei que saí de lá com a energia totalmente renovada e com uma paz de espírito enorme! Não tem como não se apaixonar! Deixe seu comentário! Convide seus amigos! Siga nosso instagram @tripaddicts: (www.instagram.com/tripaddicts) e nossa página no facebook (www.facebook.com/tripaddicts) e acompanhe as dicas dos lugares mais incríveis do mundo. Até a próxima!

Texto e fotos por: Leonardo Brandão.

Cadastre seu e-mail e receba gratuitamente dicas e roteiros de viagens
Quero receber

8 comentários sobre “São Thomé das Letras e Carrancas: Dicas, roteiros e principais pontos turísticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail e receba gratuitamente dicas e roteiros de viagens
Quero receber